Sobre geossintéticos e saber escrever sobre (quase) tudo

em

O universo freelancer tem isso de pedir que um redator saiba escrever sobre praticamente qualquer assunto. É mesmo possível?

Todo redator freelancer, sobretudo os que estão começando, já se deparou com a demanda por textos com assuntos praticamente desconhecidos por ele. Isso porque, veja bem, pessoas que trabalham com a escrita para a web podem ter qualquer formação, desde que saibam produzir conteúdo.

É comum que o redator freelancer seja alguém das áreas de Comunicação ou Letras. Mas, como dito, sabendo escrever bem e atendendo às regras de escrita web, profissionais das mais diversas áreas podem embarcar nesse universo – e o fazem!

Assim sendo, pode ser que você, contratante, encontre por aí profissionais que sejam especialistas no assunto que você precisa. E isso é mesmo excelente! Mas, pode ser que não. E foi numa dessas que eu, Jornalista e Social Media, me vi diante de um trabalho em que teria que escrever sobre geossintéticos.

Se o leitor nunca ouviu esse termo antes, não se sinta mal. Arrisco dizer que, a não ser que você trabalhe diretamente com isso ou em áreas afins (ou, ainda, está muito próximo de alguém desse meio), o termo geossintético é digno de um “o que?”.

E a esse “o que?” a gente responde com uma boa pesquisa. Boas pesquisas tomam tempo e valem a pena. Tanto para o redator, quanto para o contratante.

Particularmente, considero inviável escrever sobre algo que eu não consiga entender ao menos minimamente. Sinceridade rules. Por isso, temas como geossintéticos me tomam mais tempo do que outros que me sejam mais simples de assimilar.

Em outras palavras, eu preciso saber o que estou escrevendo para ter certeza de que meu leitor receberá não apenas um texto bem escrito, mas um conteúdo de qualidade e de fácil compreensão.

E foi por isso que eu passei um bom tempo para aprender um pouco sobre o assunto e escrever um blog post sobre todas as soluções em geossintéticos ofertadas pela empresa.

E foi assim que eu confirmei que, com uma boa pesquisa, é possível escrever sobre (praticamente) qualquer coisa. Vale, porém, sempre conhecer e reconhecer nossos limites nesse processo e, ainda mais interessante, antes de aceitar um trabalho que pareça verdadeiramente impossível.

*Pegou a referência à “Barsa” com a imagem que ilustra o post? Por favor, não diga caso você seja novo demais para isso!

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Nossa, estou estudando na faculdade exatamente isso, sobre produção de texto e a importancia da pesquisa. Realmente o texto fica com outra cara e ja estou a melhorar meus posts
    Bjs amiga

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lari Reis disse:

      A gente nunca sabe quem vai ler aquilo o que produzimos, mas acho que o fator “pesquisa” promove um diferencial perceptível por qualquer leitor, do leigo ao especialista no assunto!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s